Home / Notícias
Receita Federal espera pagar R$ 25,6 bilhões em restituições do IR em 2021
Postado por Comunicação CRCPE
02/06/2021

A Receita Federal espera pagar R$ 25,6 bilhões em restituições do IRPF (Imposto de Renda Pessoa Física) em 2021. A restituição começou nesta 2ª feira (31.mai.2021) e será paga em 5 lotes, até 30 de setembro.

O Fisco espera receber 34 milhões de declarações do IRPF até às 23h59 desta 2ª feira (31.mai.2021) – último dia para a entrega do documento. Até as 17h, recebeu 32,5 milhões de declarações e 55% delas tinham direito à restituição.

Supervisor do Programa do Imposto de Renda, José Carlos Fonseca disse que o volume de R$ 25,6 bilhões em restituições considera os contribuintes que têm imposto a restituir no IRPF 2021, mas também aqueles contribuintes que caíram na malha fina em anos anteriores e só agora vão receber a restituição.

Fonseca também disse que mais de 1,7 milhão de declarações já caíram na malha fina no IRPF 2021. Essas declarações precisam ser retificadas até 30 de setembro, para que o contribuinte possa receber a restituição ainda neste ano.

5 LOTES

A restituição do IRPF 2021 será paga em 5 lotes. O 1º lote liberou R$ 6 bilhões a 3,4 milhões de contribuintes nesta 2ª feira (31.mai). Foi o maior lote de restituição já pago pela Receita Federal. O Fisco, no entanto, já prevê outro pagamento dessa magnitude no próximo dia 30.

Eis o cronograma e a previsão de pagamentos das restituições do IRPF 2021:

  • 1º lote: 31 de maio – R$ 6 bilhões;
  • 2º lote: 30 de junho – R$ 6 bilhões;
  • 3º lote: 30 de julho – R$ 5 bilhões;
  • 4º lote: 31 de agosto – R$ 5 bilhões;
  • 5º lote: 30 de setembro – R$ 3,6 bilhões.

ARRECADAÇÃO

A Receita Federal também espera arrecadar R$ 20,8 bilhões no IRPF 2021. Segundo o órgão, 20% das 32,5 milhões de declarações entregues até às 17h desta 2ª feira (31.mai) tinham algum imposto a pagar. O pagamento pode ser feito em até oito quotas, mas a primeira venceu hoje.

Eis o cronograma e a previsão de arrecadação do IRPF 2021:

  • 1ª quota: 31 de maio – R$ 8,8 bilhões;
  • 2ª quota: 30 de junho – R$ 2,4 bilhões;
  • 3ª quota: 30 de julho – R$ 2 bilhões;
  • 4ª quota: 31 de agosto – R$ 1,8 bilhão;
  • 5ª quota: 30 de setembro – R$ 1,6 bilhão;
  • 6ª quota: 29 de outubro – R$ 1,6 bilhão;
  • 7ª quota: 30 de novembro – R$ 1,4 bilhão;
  • 8ª quota: 30 de dezembro – R$ 1,2 bilhão.

Secretário especial da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto disse que os contribuintes que têm imposto a pagar devem ficar atentos em relação ao vencimento das quotas. Isso porque o pagamento fora do prazo está sujeito a uma multa de 0,33% ao dia, limitada a 20% do imposto devido, e também a juros de mora de acordo com a Selic (taxa básica de juros), que hoje está em 3,5% ao ano.

Fonte: poder 360

 




Últimas notícias

01/12/2021 - Refis: relator pretende ampliar para 15 anos o prazo para pagar dívida

01/12/2021 - Comissão aprova preferência para microempreendedores nas parcerias dos institutos federais

01/12/2021 - Comissão aprova projeto que cria marco legal do reempreendedorismo

01/12/2021 - Câmara aprova PEC que retoma benefícios tributários para setor de tecnologia

01/12/2021 - Decisões liberam contribuintes de pagar de IR e CSLL sobre à Selic



ENDEREÇOS
Sede:
Rua do Sossego, 693, Santo Amaro
CEP: 50100-150, Recife, PE
   
Subsedes e Delegacias
Clique aqui
CONTATOS
(81) 2122-6011
crcpe@crcpe.org.br

 



REDES SOCIAIS