Home / Notícias
Apoio do Governo Federal ajuda empresas brasileiras a exportarem
Postado por Comunicação CRCPE
26/01/2022

Quando uma empresa brasileira vende seus produtos no mercado externo gera empregos, diminui o custo da matéria-prima e, consequentemente, as despesas com a fabricação das mercadorias, tornando-as mais competitivas e aumentando a margem de lucro. Esses são alguns dos benefícios da exportação.

E para ajudar a promover as exportações brasileiras, o Governo Federal criou a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), ligada ao Ministério das Relações Exteriores. A agência atua na divulgação dos produtos e serviços brasileiros no exterior e busca atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos. Atualmente são cerca de 15 mil empresas em 80 setores da economia brasileira atendidos pela entidade.

O resultado da atuação da agência está nos dados da balança comercial. Só no ano passado, mesmo com as restrições impostas pela Covid-19 em todo o mundo, o Brasil bateu recorde de exportações do agronegócio e no faturamento da indústria de alimentos e bebidas, segmentos com vários setores apoiados pelos projetos setoriais da ApexBrasil. “O agronegócio brasileiro exportou, em 2021, US$ 120 bi, US$ 20 bi a mais do que exportou em 2020. Isso é uma demonstração clara e inequívoca de que os consumidores ao redor do mundo, os importadores, veem no Brasil os produtos, alimentos e bebidas, cada vez melhores, de ótima qualidade”, afirma o Gerente de Agronegócios da ApexBrasil, Marcio Rodrigues.

Em faturamento com exportações, o agronegócio registrou alta 18,4% e a indústria alimentícia, que engloba alimentos e bebidas, 16,8%.

No segmento agropecuário, o país registrou aumento de volume de 23% de algodão e 11% de carne suína. Além disso, em receita, foi registrado crescimento de 25,7% nas exportações de carne de frango, 20% de frutas e 9% de carne bovina.

“A ApexBrasil atua em cerca de 25 setores do agronegócio brasileiro articulando ações de forma customizada, estruturada e organizada, fundamentada em muita inteligência”, destaca Rodrigues.

A estratégia de promoção de vendas é feita pela Agência por meio de ações de marketing e relações públicas, além da participação das empresas integrantes das marcas em eventos internacionais, como feiras de alimentos e bebidas.

Os produtos agropecuários brasileiros chegam ao exterior com marcas criadas pela ApexBrasil em parceria com entidades do setor. Assim, a carne de frango é exportada com a marca Brazilian Chicken, os ovos in natura e processados com a inscrição Brazilian Egg e Brazilian Pork para promoção da carne suína. Já para a carne bovina foi criada a Brazilian Beef, que hoje é uma marca consolidada responsável por 98% das exportações de carne bovina brasileira.

“O Brasil vende para mais de 150 países e o apoio da ApexBrasil, seja nos programas, nas atuações nas redes sociais, seja na participação em feiras, seja ainda na inteligência comercial emprestada para as empresas, foi importante e continua a ser. Foi essencial esse apoio e parceria com a ApexBrasil e o Governo Brasileiro para desenvolver e conseguir competitividade para manter essa posição de protagonismo mundial”, ressalta Ricardo Santin, presidente da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).

Outros resultados

As vendas de produtos de ovos in natura e processados para o mercado internacional somaram 11,3 mil toneladas, o que representou US$ 18 milhões em receitas, 80% a mais do que foi arrecadado em 2020. Em volume, o crescimento foi de 81,5%.

Já as exportações de carne suína aumentaram 11% em volume, marcando também um novo recorde de 1,13 milhão de toneladas. Em receita, houve um aumento de 16,4% nas exportações, em relação a 2020.

Além disso, o Brasil manteve seu posto de maior exportador mundial de carne de frango e quebrou seu próprio recorde ao exportar 4,6 milhões de toneladas, um aumento de 9% no volume exportado em relação a 2020. A receita avançou 25,7%, com US$ 7,66 bilhões.

A indústria de carne bovina fechou o ano com faturamento de US$ 9,236 bilhões em exportação, 8,3% acima do obtido em 2020. Para 2022, a expectativa é faturar a marca histórica de US$ 10 bilhões.

Balança comercial

Os dados do comércio exterior do Brasil, a balança comercial, são divulgados mensalmente pelo Governo Federal. Os números indicam a diferença entre as exportações e importações, seja do mês ou do ano.

Em 2021, por exemplo, a balança comercial brasileira fechou o ano com superávit de US$ 61 bilhões. Isso significa que o país vendeu mais ao exterior do que comprou. O superávit é um ponto positivo na economia de um país, pois gera um lucro que deve ser usado para investir no próprio sistema econômico.

Quando ocorre o inverso, a compra de produtos de fora supera o que o país vendeu no mercado externo, ocorre o déficit. Quando esses casos ocorrem, o país acaba criando uma dívida, já que teve que enviar mais dólares ao exterior do que recebeu.

O equilíbrio acorre quando os valores de importação e exportação são equivalentes, deixando o saldo do país estável.

Em 2021, a soma das importações e das exportações brasileiras, chamada de corrente de comércio, chegou a US$ 499,8 bilhões, crescimento de 35,8% em relação a 2020. Foram US$ 280,4 bilhões em exportações e US$ 219,4 bilhões em importações.

A previsão inicial para 2022 é que as exportações alcancem o valor total de US$ 284,3 bilhões e as importações cheguem a US$ 204,9 bilhões, fechando o ano com um superávit de US$ 79,4 bilhões.




Últimas notícias

19/05/2022 - Presidentes do CRCPE e da FBC visitam o Sebrae em momento de intercâmbio de conhecimentos

18/05/2022 - Estado reduz multa e juros para contribuinte ficar em dia com o ICMS

17/05/2022 - SEFAZ-PE ouve apelo do CRCPE e SESCAP normalizando situação que afetava empresas do Simples em PE

17/05/2022 - Gabarito preliminar das provas objetivas do Exame de Suficiência já está disponível

11/05/2022 - Pronto Paguei é mais uma opção para pagamento de anuidade por meio de cartão de crédito



ENDEREÇOS
Sede:
Rua Carlos Gomes, 481, Prado
CEP: 50720-135, Recife, PE
   
Subsedes e Delegacias
Clique aqui
CONTATOS
(81) 2122-6011
crcpe@crcpe.org.br

 



REDES SOCIAIS